Cursos Superiores

Os 6 Passos para as Candidaturas ao Ensino Superior

candidaturas ao ensino superior

As candidaturas ao ensino superior já são um processo suficientemente delicado e complicado a nível pessoal. No entanto, é impossível contornar as burocracias inerentes ao processo e é preciso passar por elas. Com esta parte não tens que te preocupar, uma vez que te guiamos passo a passo por todo o processo de candidatura.

PASSO 0

Antes de começar, certifica-te que tens todos os documentos que necessitas contigo, nomeadamente o teu Cartão de Cidadão e a ficha ENES. Esta última é um documento emitido pela escola secundária, quando terminas todos os exames com sucesso, que tem toda a informação geral, a média final, os exames realizados e as respectivas notas. Assim que as notas dos teus exames são afixadas podes solicitar a ficha ENES imediatamente à tua escola. Além disso, precisas ainda de estar devidamente registado no portal de candidatura on-line, no endereço dges.gov.pt/online.

PASSO 1

Este primeiro passo é relativamente simples. Depois de te identificares no portal on-line, com a tua passe e número do cartão de cidadão, vai ser pedido que completes algumas informações que pose encontrar na ficha ENES, nomeadamente códigos, datas, classificações… Não tens que ter receio em te enganares, porque caso alguma da informação inserida não esteja correcta a plataforma não te deixará prosseguir. Depois tens que verificar apenas se a informação apresentada relativamente aos exames efectuados e nota sortidas está correcta.

PASSO 2

O passo seguinte é relativo aos teus contactos. Certifica-te que colocas as informações actualizadas, de forma a que o Ministério da Educação ou alguém responsável te possa contactar em caso de necessidade.

PASSO 3

De seguida, terás que referir qual o teu Gabinete de Acesso ao Ensino Superior, este deve ser aquele que se localize na tua área de residência. Também é aqui, neste passo, que deve sindicar se pretendes candidatar a receber uma bolsa de estudo para estudantes com necessidades económicas, se bem que será apenas uma pré-inscrição. Posteriormente, receberás um código por email, para prosseguires este candidatura de outra forma.

Além disso, tens que indicar ainda o contingente da tua candidatura (se é o Geral, o dos Açores ou o da Madeira). Há ainda contigentes especiais, como o para militares ou para portares de deficiência. Tanto num caso como no outro, necessitarás de entregar posteriormente um comprovativo da tua situação no Gabinete de Acesso ao Ensino Superior.

Finalmente, é também neste passo que deves indicar o código de preferência regional, que podes solicitar na tua escola quando pedes a ficha ENES; caso queiras fazer uma candidatura com preferência regional. Isso significa que deverás escolheres instituições de ensino com localização na tua área de residência.

PASSO 4

Finalmente, chegas à parte em que indicas o curso e a universidade a que te pretendes candidatares. Podes escolher no máximo seis opções, que podem ser totalmente diferentes entre si ou diferentes cursos na mesma universidade. Se colocares as seis possibilidades estarás a aumentar as tuas probabilidades de colocação. No entanto, se não tens tantas opções que gostarias de seguir, então não forces essa escolha. Atenção: coloca-as sempre por ordem de preferência, pois isso terá também influência na decisão final.

PASSO 5

O passo seguinte tem a ver com os pré-requisitos que são obrigatórios para as candidaturas ao ensino superior, a saber: os pré-requisitos de pré-matrícula (provas de aptidão física ou artística) e os pré-requisitos de matrícula (de cariz documental, que têm que ser entregues depois durante o próprio processo da matrícula, na universidade, depois de anunciadas as colocações).

PASSO 6

O último passo é o da confirmação, em que poderás conferir que não existem enganos nem informação errónea colocada. Antes da submissão final, o formulário on-line irá indicar se está tudo bem ou se há algum erro. Em caso de algo preenchido incorrectamente, poderás retroceder e corrigir. Em caso de dúvidas, podes sempre recorrer aos Gabinetes de Acesso das candidaturas ao Ensino Superior.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top